Kodokan Goshin-jutsu

Introdução ao Kodokan Goshin-jutsu:

O Kodokan Goshin-jutsu é um kata que demonstra os principios da defesa pessoal e as técnicas aplicáveis na sociedade moderna.

Muitos anos depois que nosso Shihan Jigoro Kano fundou a Kodokan Judo ele desenvolveu o Kime-no-kata para demonstrar uma situação de combate. Entretanto, em razão da grande mudança de costumes no mundo, era necessário um kata que demonstrasse de forma mais atual uma situação de defesa pessoal, surgindo então o Kodokan Goshin-jutsu em Janeiro de 1956, contendo ataques e defesas de diversas artes marciais.

Essas técnicas permitem sua defesa de mãos vazias contra ataques armados ou desarmados e é baseado em um dos grandes conceitos do Judô que diz “pare a confusão, finalize com o minimo de lesão”.

O grupo de técnicas do Goshin-jutsu consiste em “Ataques de mãos vazias” e “ataques com armas”. Na parte de ataques de mãos vazias são 12 técnicas “enquanto agarrado”, e cinco técnicas simulando um “ataque à distância”. Já na parte de ataques com armas são 09 técnicas, sendo três com uma faca, 3 com um bastão e 3 com uma pistola.

Todo o conceito do Kata se resume no Tori controlando o Uke, seja desarmando ou projetando o oponente, após receber cada um dos ataques.

Ordem e nomes dos golpes do Kodokan Goshin-jutsu:

Golpes sem armas

  1. Com agarre
    1. Ryote-dori
    2. Hidari-eri-dori
    3. Migi-eri-dori
    4. Kataude-dori
    5. Ushiro-eri-dori
    6. Ushiro-jime
    7. Kakae-dori
  2. Em um ataque à distância
    1. Naname-uchi
    2. Ago-tsuki
    3. Ganmen-tsuki
    4. Mae-geri
    5. Yoko-geri

Golpes com armas

  1. Ataques de facas
    1. Tsukkake
    2. Choku-tsuki
    3. Naname-tsuki
  2. Ataques com bastão
    1. Furi-age
    2. Furi-oroshi
    3. Morote-tsuki
  3. Ataque com pistola
    1. Shomen-zuke
    2. Koshi-gamae
    3. Haimen-zuke

Conheça os 8 katas do Judô.